CIÊNCIA DOS CABELOS

Apesar de ser um problema mais comum em homens, as mulheres vêm enfrentando a queda dos fios em maior intensidade nos últimos anos.
Seja por oscilações hormonais, stress acentuado ou mesmo, pela quantidade de química no cabelo, a falta de volume e a perda dos fios, causam desespero em todas, não é mesmo?

Desde os primeiros testes no laboratório de Ohio, Volufios já se mostrava mais eficiente que 99% dos remédios para crescimento capilar.
Antes de chegar ao Brasil, Regina Célia foi uma das primeiras mulheres a conseguir doses do produto.
Regina afirma que já faziam mais de 2 anos que vinha lidando com a queda capilar intensa. Passando ter medo até de lavar os cabelos....

Parece algo surreal, mas essa foi a realidade de Regina por meses!
Ela conta que cada vez que lavava o cabelo perdia uma quantidade surreal de fios. Quando percebeu, passou a ter medo de lavar os cabelos e por conta disso, chegou a ficar 10 DIAS SEM LAVAR!

“Evitava mesmo lavar os cabelos e para dar um aspecto de limpo eu usava talco. Sentia nojo de mim mesma, ainda mais em épocas de calor, onde o couro cabeludo suava muito.
Só que eu não tinha opção, ou era isso, ou ficar com buracos.”

Experiência de uso de Volufios
7 dias

Regina conta que nos primeiros 7 dias não sentiu tanta diferença, chegou até achar que havia sigo enganada.

15 dias
Com ela afirma já dava para ver algo acontecendo. A primeira coisa que notou foi uma redução da queda de cabelo em mais de 40%.
O travesseiro já não acordava mais cheio de fios e ela começou a tomar coragem de lavar o cabelo mais vezes.

30 dias
Segundo ela, seu cabelo estava diferente na textura. Ela via os fios mais firmes e sentia confiança para pentear. Além disso, notava que a textura estava firme e a hidratação intensa.

45 dias
Outro cabelo! Parecia que eu tinha colocado novos fios na cabeça. Ela afirma que começou a lavar seus cabelos de 2 em 2 dias sem nenhum medo, pois a queda já não era mais presente.

60 dias
99% dos fios estavam lindos, grandes, brilhantes e saudáveis. A queda, praticamente, não existia e sua autoestima havia voltado.